Academia de Talentos Adecco de regresso

A Adecco Portugal, que tem posição de destaque em talento e especialização tecnológica, anunciou que estão a decorrer, até ao final de abril, as candidaturas para a segunda edição da Academia de Talentos Adecco. Trata-se de uma iniciativa desenvolvida para potenciar e acelerar a integração de jovens recém-licenciados ou em final de curso no mercado de trabalho.

Neste sentido, a Adecco pretende apoiar a integração de cerca de 40 jovens, através de um programa de formação, maioritariamente prático, com a duração de pelo menos duas semanas. O plano de formação, criado pela Adecco, tem como principal objetivo desenvolver o propósito de cada jovem, e para tal cada trainee, ao iniciar o programa, terá acesso a uma mentoria com um colaborador sénior para passagem de conhecimento e melhor integração nas equipas, e irá usufruir de acompanhamentos periódicos tanto da chefia direta como dos recursos humanos, agendados ao longo de todo o estágio.

Vânia Borges, diretora de recursos humanos da Adecco Portugal, assinala: «Com este projeto, pretendemos proporcionar a estes jovens, que estão agora a entrar no mercado de trabalho, uma experiência profissional gratificante, e ao mesmo tempo apoiá-los nesta nova fase da sua vida. Por isso, o nosso objetivo é que no final do programa cada trainee possa ter uma proposta para integrar a nossa empresa. No entanto, caso isso não seja possível, entra automaticamente na bolsa de candidatos disponível para recrutamento em empresas clientes.»

A responsável assinala ainda a integração, em 2023, de 60% dos trainees que iniciaram a academia em 2022, referindo: «A Adecco é uma multinacional que faz por estar sempre na vanguarda, e para isso necessita de jovens que tragam uma nova visão ao próprio mercado.»

Para esta edição, a Adecco procura jovens nas áreas de recrutamento e seleção, processamento salarial, contabilidade, controlo de gestão, gestão de operações e marketing, sendo que são vários os modelos de candidatura que a multinacional tem disponíveis, desde estágio curricular, bolsa de formação Adecco ou estágio profissional através do IEFP (programa Ativar).

De acordo com Jéssica Marquito, talent aquisition e responsável pelo projeto, «sem dúvida que a formação é bastante importante, mas não será fator eliminatório». Ou seja: «Consideramos que mais do que a formação do candidato, são as competências comportamentais o fundamental, pelo que a seleção se baseará nelas e na motivação apresentada.»

Ao ingressarem nesta Academia de Talentos, os trainees terão acesso a diversos benefícios, nomeadamente: dois dias de teletrabalho, dia de folga no aniversário, no Carnaval, na véspera do Natal ou na véspera do Ano Novo, uma tarde de folga por quarter e acesso a uma plataforma de suporte psicológico profissional gratuito. Terão ainda acesso a formação personalizada, em diferentes plataformas internacionais, como TAG University e LinkedIn Learning, que têm como objetivo a identificação da vocação e o desenvolvimento de competências nessa área.

A Adecco tem cerca de 40 vagas que irá preencher até abril de 2024, sendo que todos os interessados se podem inscrever aqui.