Santander eleito Banco Mais Responsável em Portugal

O Santander foi eleito, pelo terceiro ano consecutivo, o Banco Mais Responsável em Portugal, ao ocupar o primeiro lugar do sector no ranking da Merco ESG 2023. O estudo avaliou as empresas que, no ano passado, cumpriram melhor os critérios ambientais, sociais e de governance (ESG).

A elaboração do ranking baseou-se na avaliação de diretores de empresas e de vários especialistas, entre os quais analistas financeiros, jornalistas de informação económica, organizações não-governamentais (ONG), sindicatos e associações de consumidores. Teve também o contributo dos monitores Merco Sociedade (através do qual foi auscultada a população em geral) e Merco Digital (que avalia a conversação gerada sobre temas do meio ambiente das empresas que fazem parte do ranking em meios digitais, influencers e utilizadores), para além do benchmarking em que se procedeu à avaliação dos méritos reputacionais.

Ao todo, foram feitas cinco avaliações, consultadas 13 fontes de informação e realizados 1.313 questionários.

A nível de ESG, o Santander definiu três eixos estratégicos: no pilar E (environment), apoiar a transição para uma economia de baixo carbono; no pilar S (social), promover o crescimento inclusivo; e no pilar G (governance), incorporar o ESG em toda a organização.

No plano ambiental, o Santander continuou o caminho a que se propôs para combater as alterações climáticas, apoiando as metas do Acordo de Paris, e atuando com a ambição de ser neutro em carbono até 2050. Além disso, tem como objetivo ajudar os clientes na transição para uma economia de baixo carbono, tendo em 2023 lançado uma nova funcionalidade na app para ajudá-los a conhecer e compensar a sua pegada de carbono.  Em matéria de financiamento sustentável, o banco mantém uma presença relevante no financiamento de projetos de apoio à transição climática dos seus clientes particulares e empresas.