Conhecidos os vencedores do «Altice International Innovation Award»

expressPIK, Charging the future os Evs through the wheel e Lumen são os três projetos vencedores da sétima edição do «Altice International Innovation Award» (AIIA), da Altice Portugal. O anúncio foi feito esta semana pela tecnológica, numa cerimónia em Lisboa onde foram entregues os respetivos prémios.

Na categoria «Startup», foi distinguido o projeto expressPIK, da startup ExpressTEC, que oferece diagnósticos para tratamentos personalizados do cancro da mama.

O projeto Charging the future os Evs through the wheel, de um aluno finalista de um programa doutoral da Universidade de Coimbra, foi distinguido na categoria «Academia». Trata-se de uma solução que incorpora nas rodas dos veículos a capacidade de carregamento das baterias sem contacto físico.

Finalmente, na categoria «Inclui by Fundação Altice», o projeto destacado pela tecnológica denomina-se Lumen e resulta numa solução de mobilidade avançada que permite a condução autónoma para pessoas com deficiência visual.

Estes prémios internacionais de inovação da Altice existem desde 2017 e visam promover e reconhecer o empreendedorismo e o talento tecnológico. No total foram 116 os projetos apresentados, sendo que a iniciativa atribuiu 95 mil euros, distribuídos pelas três categorias: «Startup», 50 mil euros (além da possibilidade de realizar uma prova de conceito com a Altice); «Academia», 25 mil euros; e «Inclui by Fundação Altice», 20 mil euros.

No âmbito do «Altice International Innovation Award» foi ainda atribuído o «BfK Award», em parceria com a Agência Nacional de Inovação (ANI), à startup Karion Therapeutics, por um dos projetos finalistas que resulta de atividades de investigação e desenvolvimento (I&D), valorizando-se o conhecimento científico e tecnológico. Aqui o prémio monetário foi de 2.500 euros.

Num ano em que a Startup Lisboa passou a ser parceira da Altice na iniciativa, as vencedoras das categorias «Startup»  e «Inclui by Fundação Altice», duas startups, vão agora ter apoio na fase de incubação dos projetos, com vista a angariação de capital.

Foram nove os projetos que chegaram à última etapa do «Altice International Innovation Award», com os seus responsáveis a defendê-los perante um júri composto por nomes de referência no sector das comunicações e no ecossistema de empreendedorismo e inovação: Ana Figueiredo, chief executive officer (CEO) da Altice Portugal (presidente do júri); Alcino Lavrador, consultor de tecnologia e inovação; Anabela Pedroso, ex-secretária de Estado da Justiça; Diogo Araújo, diretor da Agência Nacional de Inovação; Gil Azevedo, diretor executivo da Startup Lisboa; Luís Santana, manager da Cofina; Miguel Castro Neto, diretor da NOVA IMS, da Universidade Nova de Lisboa; Paulo Firmeza, diretor geral da Altice Labs; Pedro Santa Clara, diretor do TUMO Coimbra e da Escola 42; e Teresa Salema, da Fundação Altice.

Informações sobre o «Altice International Innovation Award» aqui.