CEO da Sonae recebe Prémio BPI Mulher Empresária

Cláudia Azevedo (na foto), chief executive officer (CEO) do Grupo Sonae, foi anunciada como vencedora da edição de 2023 do Prémio BPI Mulher Empresária, uma distinção que visa reconhecer o talento e a excelência profissional das empresárias portuguesas e fomentar as redes de contacto com outras gestoras líderes no mundo.

Licenciada em Gestão de Empresas pela Universidade Católica e com um MBA pelo INSEAD, Cláudia Azevedo está no grupo Sonae desde 1994, onde tem desempenhado diversos cargos em empresas de distintos sectores. Em 2019, assumiu a liderança da comissão executiva da Grupo. É ainda membro do conselho de administração de várias sociedades do universo Sonae.

Cláudia Azevedo destacou a importância do legado de valores e princípios muito fortes, primeiro com o seu pai e, depois, também com o seu irmão, bem como o papel fundamental da equipa da Sonae. Salientou ainda que a missão do Grupo Sonae é criar valor económico e social para várias gerações e de longo prazo, algo em que são «muito parecidos com o BPI». «Só no último ano, fizemos um investimento de mais de 30 milhões de euros no apoio à comunidade», acrescentou.

O Prémio BPI Mulher Empresária reconhece o perfil de liderança da gestora, considerada uma das personalidades mais influentes e relevantes da economia portuguesa. Cláudia Azevedo destaca-se igualmente pela sua visão estratégica e pelo seu elevado compromisso com uma cultura de sustentabilidade, diversidade e inclusão.

As edições anteriores do Prémio BPI Mulher Empresária distinguiram Leonor Feitas, da Casa Ermelinda Freitas (2018), Manuela Medeiros, da Parfois (2019), Isabel Furtado, do Grupo TMG (2020), Sandra Santos, do Grupo BA Glass (2021), e Isabel Azevedo, do Grupo FRICON (2022).