Fundação Santander renova parceria com Universidade de Coimbra

A Fundação Santander Portugal e a Universidade de Coimbra assinaram a renovação do acordo de parceria entre as duas instituições. A cerimónia decorreu na passada terça-feira, na Sala do Senado da Universidade de Coimbra, com a presença do reitor, Amílcar Falcão, do administrador executivo da Fundação Santander Portugal, Marcos Soares Ribeiro, e da responsável pelo programa do Santander para o ensino superior, Inês Rocha de Gouveia. Foi assim acordada a renovação do convénio por mais quatro anos.

A parceria entre a Universidade de Coimbra e o Santander celebra este ano duas décadas. Desde a assinatura do primeiro acordo, em 2003, o Santander tem apoiado as mais diversas iniciativas, como o prestigiado Prémio Universidade de Coimbra (ver aqui), atribuído a uma personalidade de inequívoco valor e contributo na sua área profissional, seja cultura, economia, gestão ou ciência e inovação. Na sua mais recente edição, o prémio foi atribuído a Leonor Beleza, ex-ministra da Saúde e presidente da Fundação Champalimaud, depois de outras personalidades nacionais como o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres ou o cardeal José Tolentino de Mendonça, entre outras.

O Santander tem vindo a apoiar os estudantes da Universidade de Coimbra através da atribuição de bolsas de estudo e da promoção de programas de empreendedorismo e investigação. Só este ano serão atribuídas 180 bolsas Santander Apoio Universitário, além de bolsas de mobilidade internacional para estudantes e investigadores e das bolsas Estudante Atleta Santander UC, que pretendem valorizar o mérito e a excelência nos estudos e no desporto.

O protocolo de mecenato foi assinado por Amílcar Falcão e Marcos Soares Ribeiro. «Assinámos aqui um protocolo poderoso», disse o responsável da Fundação Santander, acrescentando que a Universidade de Coimbra «é já um parceiro histórico do Santander, uma instituição que está desde sempre na linha da frente na partilha de conhecimento e com a qual mantemos uma relação muito próxima». E conclui: ao apoiar esta instituição estamos a apoiar toda uma comunidade, uma região, e a contribuir para o desenvolvimento do país».

Por sua vez, Inês Rocha de Gouveia, responsável pelo programa do Santander para o ensino superior, afirmou: «No Santander vemos a educação como uma via privilegiada para o progresso das pessoas, das organizações e das comunidades. Há 27 anos que investimos no ensino superior, tendo já apoiado mais de um milhão de estudantes e empreendedores». Mais: «A Universidade de Coimbra, como a mais antiga instituição de ensino superior do país, e uma das mais antigas da Europa, tem sido um parceiro essencial no apoio de milhares de estudantes. É uma honra, por isso, podermos continuar ao lado desta instituição e dos seus alunos, professores e investigadores por mais quatro anos.»

Já Amílcar Falcão assinalou: «A parceria com o Santander tem permitido apoiar várias áreas de ação da Universidade de Coimbra, o que tem potenciado, por exemplo, o empreendedorismo, a mobilidade ou a investigação. Aquilo que fazemos hoje no âmbito desta parceria com o Santander melhorou significativamente face ao que fazíamos há 10 anos, porque a Universidade de Coimbra também tem mostrado ser merecedora desta aposta.»

Mais informações aqui.