Pipedrive School of Code: o futuro brilhante do talento tecnológico

Numa iniciativa arrojada para capacitar os jovens talentos e responder  à crescente falta de oportunidades no sector tecnológico, a Pipedrive, CRM (customer relationship management) de vendas fácil e eficaz para pequenas empresas, anunciou este verão o retorno do seu programa de mentores, a School of Code (ver aqui).

O programa começou esta semana em Tartu, na Estónia, com dois objetivos principais: identificar novos colaboradores para a empresa oferecer oportunidades de aprendizagem prática e de trabalho a futuros talentos tecnológicos, ao mesmo tempo, retribuir à comunidade. Trata-se de um programa completo de três meses remunerados que inclui uma bolsa de estudo mensal de 1.000 euros. Os participantes adquirem experiência em fundamentos de programação, bases de dados, desenvolvimento back-end e front-end, gestão de projetos e DevOps. Além disso, têm a oportunidade de simular o trabalho em equipa, a resolução de problemas no mundo real, conhecendo de perto a dinâmica da indústria tecnológica. Este ano, o School of Code atraiu mais de 140 candidaturas, levando à seleção de oito candidatos, três deles mulheres, que começam um novo percurso profissional através deste programa.

A longo prazo, prevê-se que o programa se torne uma iniciativa anual recorrente e que alargue o seu alcance para além da Estónia a outros locais onde a Pipedrive mantém um escritório ou um centro de desenvolvimento. Embora as decisões finais não tenham sido confirmadas, existe uma forte possibilidade de que o programa seja lançado em Lisboa no próximo ano.

Lançado no ano passado, o School of Code foi concebido para indivíduos com pouca ou nenhuma experiência prévia em desenvolvimento de software, mas com uma forte motivação para entrar no sector das TI (tecnologias de informação). A missão é identificar e preparar futuros talentos tecnológicos, ajudando-os a iniciar carreira na área das TI. Orientado por dois mentores experientes, o currículo abrange dois meses de estudo teórico intensivo, seguidos de um mês adicional de experiência de trabalho prática. O programa já produziu resultados tangíveis. Na primeira edição, de 241 candidatos, foram escolhidos 11 que concluíram o programa com sucesso. Destes, a Pipedrive orgulha-se de ter integrado na equipa dois deles como programadores juniores.

Mykhailo Dorokhov, engineering and development lead da Pipedrive, salientou: «A experiência prática é a ponte que transforma o conhecimento teórico em competências do mundo real. No campo em constante evolução da educação em TIC (tecnologias da informação e comunicação), não se trata apenas do que sabemos, mas de como o aplicamos. A experiência prática é a bússola que guia os jovens talentos através do abismo entre a aprendizagem na sala de aula e a dinâmica indústria tecnológica, assegurando que chegam prontos para inovar e sobressair.»

O programa representa apenas uma faceta do compromisso contínuo da empresa em promover a inovação e capacitar os jovens talentos para um sector cada vez mais desafiante.

.

A Pipedrive

Fundada em 2010, a Pipedrive é o primeiro CRM de vendas e plataforma inteligente de gestão de receitas para pequenas empresas (ver aqui). Atualmente, é utilizada por equipas de vendas oriundas de mais de 100.000 empresas por todo o mundo. Sediada em Nova Iorque e com escritórios por toda a Europa e pelos Estados Unidos, é apoiada pela Vista Equity Partners, titular maioritário, e pelo Bessemer Venture Partners, Insight Partners, Atomico, DTCP, e Rembrandt Venture Partners.