Upskilling de talento
Cinco vantagens das hierarquias horizontais nas empresas

A formação profissional e as hard skills são essenciais para que as organizações aprofundem a qualidade dos seus resultados e prosperem. No entanto, há competências interpessoais, de comunicação e de produtividade dos colaboradores que as empresas devem valorizar e que acrescentam valor em projetos e funções paralelas, numa lógica de evolução horizontal.

Texto: Hugo Sousa

.

As soft skills e as áreas de interesse dos colaboradores vão muito além das funções mais técnicas que desempenham na organização. Promover o upskilling com oportunidades de progressão para uma hierarquia horizontal, em que cada pessoa pode desenvolver-se pessoal e profissionalmente em áreas e funções diferentes, traz mais valor ao produto final e aprofunda a satisfação com a empresa.

Assim, a Zühlke partilha cinco benefícios de investir em hierarquias horizontais para desenvolver talento e resultados.

1 | Compromisso e identificação com a empresa

O espaço para crescimento profissional em diferentes áreas da organização mostram como esta está aberta a conhecer todas as dimensões das suas pessoas. Assim, é possível reforçar a identificação dos colaboradores com o projeto ao incluí-los em várias vertentes com impacto relevante para a empresa.
2 | Valorização e retenção de talento

A abertura para promover o crescimento dos colaboradores dentro da empresa, tanto nas suas funções como em áreas do seu interesse, mostram como os seus conhecimentos são essenciais para o futuro da organização. A par deste sentimento de valor, o facto de existirem oportunidades de formação e progressão dentro da empresa também promove a retenção dos colaboradores, que aqui veem espaço de crescimento profissional.

3 | Inovação «fora da caixa»

Ao integrar os colaboradores em desafios e projetos além da sua expertise técnica, a empresa abre um leque de oportunidades para inovar em diferentes aspetos. A diversidade de ideias e percursos é a chave para a evolução, e o contributo que os profissionais trazem, por exemplo, para processos, gestão ou tomada de decisão transforma o rumo da organização além do «óbvio».

4 | Reforço da cultura organizacional

Ao investir na progressão de carreira dos colaboradores, a organização beneficia também de conhecimentos essenciais sobre o funcionamento da organização já adquiridos pelos seus profissionais. Desta forma, é possível reforçar a cultura da empresa ao promover colaboradores que já «conhecem os cantos à casa» e que, por isso, podem integrar novos colegas na organização e reforçar o espírito de equipa.

5 | Performance e resultados

A satisfação com a organização e o alinhamento com os objetivos de carreira são elementos de motivação e melhoria na performance dos colaboradores. Por consequência, também os resultados da empresa são impactados de forma positiva por esta relação, beneficiando de equipas mais motivadas, produtivas e focadas.

O desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores traz vários benefícios às empresas, colmatando desafios na retenção de talento e promovendo o compromisso dos especialistas com os seus resultados. Há competências interpessoais e características inerentes a cada pessoa que trazem valor à empresa, mostrando como as hierarquias horizontais contribuem para o crescimento da organização e das suas pessoas em conjunto.

.

»»»» Hugo Sousa é lead cloud architect and people lead na Zühlke, uma consultora e prestadora de serviços que desenvolve projetos tecnológicos para clientes em todo o mundo e que foi fundada em 1968 na Suíça. Com três centros globais de engenharia e 15 escritórios em diferentes cidades, a consultora está presente em 10 países com mais de 1.900 colaboradores. As equipas multidisciplinares e multinacionais desenvolvem funções essenciais a todas as fases de projeto, desde estratégia a operação e produção.