Investimento superior a um milhão de euros
Ervideira anuncia nova adega

A Ervideira prepara-se para arrancar com a construção de uma nova adega, no verão deste ano, que irá representar um investimento de 1,2 milhões de euros, estando a conclusão das obras prevista para a primavera de 2023.

Texto: Redação «human»

.

A nova infraestrutura da Ervideira terá uma área coberta de 1.200 metros quadrados (m2) divididos por dois pisos de 600 m2, a que acresce 400 m2 de varanda/ esplanada e um roof top para provas, com mais 600 m2, totalizando 1.800 m2 de construção. O objetivo deste novo espaço passa pela produção de vinhos premium e superpremium, com novas tecnologias de fermentação e estágio, quer a recuperação das talhas antigas de 1880 da família, aos modernos lagares, ovos e troncocónicas, assim como estágios inovadores. Esta nova adega atingirá o seu potencial de produção com mais 150.000 garrafas de vinhos exclusivamente de topo. Paralelamente, vem desenvolver diversos programas de enoturismo de categoria superior que reforcem a oferta já existente.

Duarte Leal da Costa, diretor executivo da Ervideira, assinala: «Queremos com esta nova adega oferecer aos nossos clientes um espaço amplo, com vista 360 graus, inserido no meio das vinhas, e sendo a paisagem a mais típica alentejana. Um espaço diferenciador acolhedor e de elevado nível, com novas experiências no mundo do enoturismo. Vamos proporcionar novos programas, de aromas, cores, monocastas, provas de barricas, onde o enoturista poderá inclusivamente construir o seu próprio lote de vinhos – a que acrescem inúmeros programas outdoor, para famílias, que não queremos ainda revelar. Estes serviços raramente se encontram disponíveis no mercado dos vinhos, e por isso queremos distinguir-nos através deste tipo de ofertas diferenciadoras e com valor acrescentado para quem nos visita.»

Depois de finalizado, este novo espaço da Ervideira poderá vir também a servir para a realização de eventos de outro tipo.

A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, produzindo vinho desde 1880. Atualmente, possui um total de 110 hectares de vinha, distribuídos pelas sub-regiões da Vidigueira (60) e Reguengos (50). Entre os seus vinhos, estão marcas como Conde D’Ervideira, Invisível, Vinha D’Ervideira, Terras D’Ervideira e Lusitano.