Tiago Roxo, da Novabase
«A nossa missão continuará focada em garantir ambientes de trabalho mais humanos.»

Tiago Roxo, talent manager da Novabase, fala da gestão do talento na tecnológica portuguesa. Garantir ambientes de trabalho desafiantes e seguros é o grande objetivo que assinala.

Texto: Redação «human»

 

O que é mais importante na gestão do talento na Novabase?

A velocidade e o âmbito da revolução digital estão a aumentar a um ritmo demasiado rápido, o que obriga as empresas a adaptarem-se a novas mudanças de forma mais célere. A disrupção digital está a mudar a forma como os negócios criam valor, se organizam e são geridos. Por isso, uma das nossas prioridades é desenvolver ambientes de trabalho construtivos que valorizem a aprendizagem. Acreditamos que a adaptabilidade será o fator crítico de sucesso. Sabemos que os seres humanos estão genética e socialmente determinados para a relação, e por isso precisam de outros seres humanos para otimizar a sua capacidade de aprender e concretizar o potencial individual. Temos tido este mantra em conta, em todos os programas que implementamos e em todos os sistemas de gestão de talento que desenhamos. A era das smart machines vai obrigar-nos a ser mais humanos. Vamos precisar de mais criatividade, espírito crítico e melhor qualidade nas relações. Os ecossistemas que valorizem a colaboração, a aprendizagem e o desenvolvimento humano estarão melhor preparados para responder aos desafios futuros.

Quantas pessoas têm na empresa?

Temos mais de 2.000 profissionais.

Destaca algumas práticas em termos de retenção dessas pessoas?

Temos investido muito na criação de práticas que respondam às necessidades das diferentes fases de carreira dos nossos profissionais. Recebemos os recém-licenciados num programa de indução em regime de internato – a Novabase Academy –, que em duas semanas simula o contexto de trabalho que vão encontrar e permite o treino dos comportamentos críticos para o sucesso em projeto. Dispomos de programas de desenvolvimento de competências de liderança específicos para team leaders, gestores de projeto e líderes de grandes equipas. Sempre com a preocupação de aumentar o autoconhecimento e o crescimento individual. Utilizamos o feedback como ferramenta de desenvolvimento individual, e para tal redesenhámos o processo de avaliação de desempenho. Abandonámos a lógica de compliance dos modelos de avaliação tradicionais e estamos a alargar a toda a empresa um modelo com foco no desenvolvimento baseado no feedback 360 graus.

Na Novabase valorizamos o crescimento individual, por isso montámos um sistema de apoio em que cada profissional é acompanhado, desafiado e apoiado por alguém com experiência e competência para criar as condições certas para a realização do potencial individual, seja pelo desenvolvimento técnico, humano ou social.

Qual a maior dificuldade que encontram na retenção dos talentos?

Neste momento, o mercado de trabalho na nossa indústria está muito dinâmico. Garantir ambientes de trabalho desafiantes e seguros é o nosso grande objetivo. Trabalhamos para que as pessoas que estão connosco saibam que temos desafios e espaço para cada uma cresça ao ritmo da sua ambição. A nossa missão continuará focada em garantir ambientes de trabalho mais humanos, que permitam níveis crescentes de desempenho cognitivo e emocional.

 

 

»»» Tiago Roxo é talent manager da Novabase. Criada em 1989, a Novabase é uma tecnológica portuguesa com mais de 2.000 colaboradores. Com escritórios em Portugal, Espanha, Alemanha, França, Médio Oriente e Angola, define a sua visão da seguinte forma: «Tornar a vida das pessoas e das empresas mais simples e mais feliz, através da utilização da tecnologia.»

Centro de preferências de privacidade

Necessários

PHPSESSID, __gads, _ga, _gid, gdpr[allowed_cookies], gdpr[consent_types]

Anúncios

IDE

Analytics

Other