«Volvo Ocean Race»
Ciência de dados e biometria numa das mais duras competições de vela

A SAP tem um novo projeto de inovação desenvolvido com a equipa AkzoNobel, em que forneceu sensores biométricos aos membros da tripulação para a edição de 2017/ 18 da «Volvo Ocean Race». A AkzoNobel contratou a SAP para ajudar a equipa a melhor se preparar para a competição e assegurar que os seus membros se mantêm em forma e têm um desempenho do mais alto nível.

Texto: Redação Human

 

A utilização de uma tecnologia de Internet of Things (IoT), facultada pela solução «SAP Leonardo IoT Edge», da tecnológica SAP, permite à equipa AkzoNobel monitorizar os níveis de aptidão e o grau de exaustão dos velejadores durante a «Volvo Ocean Race» e também otimizar o seu desempenho com base nos dados recolhidos.

Simeon Tienpont, skipper da equipa AkzoNobel, assinalou: «Até agora, aspetos como a meteorologia e a rota ideal costumavam ser as principais áreas de foco. Mas hoje a tecnologia fornecida pela SAP permite-nos dispor de uma ferramenta que nos leva a obter o máximo desempenho da equipa. Estas inovações tecnológicas ajudar-nos-ão a elevar os limites do nosso desporto e podem definitivamente fazer a diferença.»

 

Dados biométricos podem facultar vantagem competitiva

Uma vez que o desgaste físico e mental pode ser uma das principais ameaças às equipas durante a corrida, que dura oito meses, a SAP equipa todos os membros da tripulação da AkzoNobel com sensores que capturam informação biométrica. Utilizados 24 horas por dia, sete dias por semana, a informação capturada pelos sensores fornece um conhecimento valioso sobre aspetos como fadiga, exaustão, reação a condições meteorológicas e níveis de stress. Adicionalmente, a solução biométrica de ponta ajuda a colocar os dados de medição biométrica no contexto certo. Pela primeira vez, informação biométrica e análises em tempo real podem ser fornecidas durante toda a corrida e podem certamente dar à equipa AkzoNobel uma vantagem competitiva, ao permitirem a análise de informação sobre a condição física e a respetiva recuperação. Durante a corrida, os resultados são apresentados numa interface de utilizador criada especificamente para o skipper.

 

Implementação da «SAP Leonardo IoT Edge» e da «SAP Leonardo IoT Foundation»

Uma parte do sistema de inovação digital da solução «SAP Leonardo», o «SAP Leonardo IoT Edge» está a ser utilizada para capturar os dados biométricos da tripulação no mar. A computação «IoT-edge» confere a capacidade de processamento, armazenamento e análise dos dados provenientes dos sensores sem ligação à Internet ou a outra ligação. Assim que as embarcações chegam a cada um dos pontos de paragem da corrida, as análises preditivas e de machine learning são executadas na «SAP Cloud Platform» utilizando a «SAP Leonardo IoT Foundation». Com base na informação recolhida no mar, os resultados de analíticas preditivas, fornecidos à equipa, ajudam o skipper da AkzoNobel a preparar a manga seguinte da corrida.

Tanja Rueckert, presidente de IoT & Digital Supply Chain da SAP, referiu: «Este é um excelente exemplo de como ligar pessoas, processos e coisas com tecnologia digital de ponta pode melhorar o desempenho. A condição física e a resiliência mental dos membros da tripulação são fatores fundamentais para qualquer vitória ou derrota. A solução ‘SAP Leonardo IoT Edge’ ajuda a equipa da AkzoNobel a obter um conhecimento aprofundado sobre a condição física da sua tripulação, de forma a não só tomar as decisões mais acertadas como também a poder competir no seu potencial máximo.»

 

http://www.sap.com

https://www.akzonobel.com

 

Centro de preferências de privacidade

Necessários

PHPSESSID, __gads, _ga, _gid, gdpr[allowed_cookies], gdpr[consent_types]

Anúncios

IDE

Analytics

Other